11/01/2018

Igreja – Família que Cresce Junto

 

Uma das mais significativas expressões da Igreja é que ela se torna um espaço para o crescimento de todos os que se agregam à fé cristã em uma comunidade a partir de algo em comum: a fé no Senhor Jesus.

Ao chegarmos à Igreja, estamos iniciando nossa caminhada na fé, e será com a experiência dos outros irmãos, na sua vivência de fé junto ao Senhor Jesus, que os mais novos crescerão. Mas, para isso, é preciso um despojar-se de si mesmo, para que haja espaço para o novo que chega. Não há como crescer espiritualmente se não perseguirmos …

03/01/2018

Em que Consiste o Êxito?

“Somos servos inúteis… Fizemos apenas o que devíamos fazer” Lucas 17:10

 

É de suma importância sabermos analisar o “bom êxito”. O mestre Jesus dá exemplo em Lucas 12:13-21, quando o êxito aparente de um homem não mereceu a aprovação divina. O critério verdadeiro para avaliação do êxito tem base espiritual. Vejamos:

1 – O “meu” bom êxito não afete o êxito do “outro”. O sucesso alcançado á custa dos outros, o triunfo que nasceu do mal alheio, pode iludir-nos e, até mesmo, empobrecer-nos espiritualmente, ou, quem sabe, já é evidência de nossa miséria espiritual. Meu êxito enriquece minha vida …

28/12/2017

Ebenezer: Até Aqui Nos Ajudou o Senhor

I Samuel 7:12

Chegamos, mercê da graça do Senhor, ao último domingo do ano de 2017. Encontramo-nos no limiar de um novo ano, de um novo período histórico .O que nos reserva 2018? Quais as expectativas, sonhos e projetos do tempo que chega? Será bom e radiante? Próspero ou difícil? Como serão seus dias e meses que passaremos? Não sabemos e nem podemos saber! Mas conhecemos Alguém que sabe e na verdade o construiu: o Eterno Deus, Senhor do tempo, da história e da eternidade.
Nesta última pastoral do ano, desejo levá-lo a confiar no Senhor sempre mais, a entregar …

19/12/2017

Pastoral de Natal

Evangelho de João 1:1 e 14
É Natal! Chegou-nos o Redentor!
Na cidade de Davi, nos nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor.
Nasceu, em Belém, Aquele pelo qual Deus se fez homem.
“O Verbo se fez carne e habitou entre nós” (João 1:14).
Deus desejou comunicar-se de forma completa, plena e integral a um outro ser diferente d’Ele. Desejou falar à Sua criatura, as palavras do coração, do amor, do carinho, da graça. Como pontifica a Epístola aos Hebreus: “Tendo o Senhor falado aos pais de muitas maneiras pelos profetas, nestes últimos dias, falou-nos pelo Filho, a quem …

07/12/2017

Natal, o mistério da encarnação de Jesus

O Natal é a celebração do nascimento de Jesus, o Salvador do mundo. Trata-se de um grande mistério. O Deus transcendente, tornou-se imanente; o soberano Senhor do universo fez-se servo; o Eterno entrou no tempo. Deus vestiu pele humana: sendo rico se fez pobre; sendo santo se fez pecado; sendo bendito foi feito maldição por nós. O apóstolo João, destacando tanto a divindade como a humanidade de Jesus, falou dele como o Verbo que se fez carne. Destacaremos, aqui algumas verdades importantes sobre o Verbo de Deus.

I. Os atributos do Verbo de Deus. O apóstolo João, no prólogo de …

01/12/2017

Prepare o Caminho

“E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus. E irá adiante do Senhor no espírito e poder de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado”. (Lucas 1.16-17)
O que João Batista fez por Israel, o Advento pode fazer por nós. Não deixe que o Natal o encontre despreparado. Digo, espiritualmente despreparado. A alegria e o impacto do Natal serão muito maiores se você estiver pronto!
Para que você se prepare…
Primeiramente, medite sobre o fato de que precisamos de um …

23/11/2017

Um dia de Gratidão por um ano de Bençãos

Na última quinta celebramos o Dia Nacional de Ação de Graças, com o mote que epigrafa a pastoral desse domingo.
Foi uma noite maravilhosa e inesquecível. Cultuamos com gratidão ao Senhor por tantas alegrias e atos de amor realizados em nossa vida. A Igreja estava lotada. Almas e corações unidos para bendizer a Deus, para dizer a Ele que em tudo somos gratos e reconhecidos.
A emoção conduziu cada momento e nos alimentou durante todas as partes da liturgia: nos cantos congregacionais, nas orações, na participação dos pastores ministrando a Palara do Senhor, na dedicação de ofertas e dízimos, na …

17/11/2017

Igreja Reformada Sempre se Reformando

(“Ecclesia reformata et semper reformanda est”)

Vimos de celebrar o aniversário dos 500 anos da Reforma Protestante. O mês de outubro foi pródigo – e não poderia deixar de assim ser – de celebrações e cultos em gratidão ao Senhor da Igreja. Após 31 de outubro de 1517, o movimento reformador ganhou corpo, e logo se percebeu que um passo além precisava ser dado. Aquilo que começara como proposta de reformar a Igreja, não foi aceito pelos mandatários da mesma, sendo necessário, então, o abandono do status quo, para efetivação da Igreja Reformada.
A intenção primeira de Martinho Lutero, Ulrico …

10/11/2017

Amanhecer


Baseado no Salmo 4.1-8

O dia pode ter sido difícil
Talvez, com batalhas deixadas para a manhã do dia seguinte.
Talvez, marcas estampadas no corpo,
Fruto de cruel requinte.

Nada me resta senão procurar descanso;
E o meu travesseiro me espera
A me instigar como um desafiante
Que a todo instante quer me deixar à beira da cratera.

Na minha cama, o lençol parece adorno do interior de um esquife,
A tramar, sem pudor,
Um sonho frágil, sem expectativas, triste.

E como se não bastasse,
Todo esse cenário é cercado por um profundo e solitário escuro.

E eu me sossego!…

05/11/2017

A Genealidade de Genebra (II)

A glória recuperada: A necessidade da Reforma era fundamentalmente esta: Roma “destruiu a glória de Cristo de muitas formas” (Obras Selecionadas, p9). De acordo com Calvino, a razão para a igreja estar “carregada com tamanhas doutrinas estranhas” era “porque a excelência de Cristo não é contemplada por nós” (Obras Selecionadas, p.55). Em outras palavras, a grande defesa da ortodoxia bíblica ao longo dos séculos é a paixão pela glória e excelência de Deus em Cristo.
A questão não é, em primeiro lugar, os tão conhecidos pontos da Reforma: justificação, abusos sacerdotais, transubstanciação, oração aos santos, autoridade papal, dentre outros. Antes …